domingo, outubro 10, 2010

Harajuku

Eu fiquei encantada com a bolsa que Zéze trouxe de Miami e comprei sem pensar, pois o colorido das pinturas de rostos me pareciam feita a mão e como sou muito curiosa fui pesquisar a marca “Harajuku Lovers” .

Nossa!!! Harajuku Lovers é o nome de uma grife de roupas, acessórios de moda e artigos de papelaria da cantora Gwen Stefani ( só eu não sabia), lançado em 2005. Ela conceituou sua grife em torno da área de Tokyo Shibuya, Harajuku e de quatro bailarinas japonesas, espero não ter entendido a coisa toda de forma errada, mas tem uma grande jogada de markenting por trás disso.

Eu já havia escutado algo sobre este comportamento dos jovens japoneses, super fissurados em moda e estilo. A tribo se reune na Ponte Harajuku no Parque Yoyogi nos fim de semana e, de preferência num domingo. A ponte sobre os trilhos da estação fica lotada de GothLoli.

Além do mais, os jovens utilizam as casas de banho da Estação Harajuku como mini-camarins para se vestir com o estilo que torna Harajuku famoso. Este estilo começou como uma subcultura jovem por volta de 1997-1998 e se tornou um gênero muito bem estabelecido disponível em várias lojas e algumas grandes lojas de departamento por volta de 2001.

Dizem que os turistas ocidentais se surpreendem quando se deparam desavisadamente com os figurinos essencialmente usados pelos jovens, não apenas para sair com os amigos, mas com a esperança de ser visto por um dos fotógrafos de revistas, ou mesmo, qualquer turista ocidental que se diverte ao tirar fotos deles.

Bom... Tô me sentindo fashion!!! Pronto falei!

sábado, outubro 09, 2010

Lá vou eu de novo...